Volte ao SPIN


quinta-feira, 13 de maio de 2010

A social-democracia neoliberal: de Miterrand a Zapatero, passando por FHC

Por Emir Sader - na Carta Maior

Um momento importante na construção da hegemonia neoliberal foi quando o governo de François Mitterrand, na França, depois de um primeiro ano com o programa tradicional da esquerda, de fortalecimento do Estado, nacionalização de empresas, conquistas sociais, etc., deu uma virada radical no segundo ano, incorporando elementos essenciais do Consenso de Washington. Era um elemento novo. Um governo social democrata, ao invés de se opor ao modelo neoliberal pregado e colocado em prática por Reagan e Thatcher, se somava a ela, aderia às privatizações, ao ajuste fiscal, ao Estado mínimo, etc.Foi seguido por Felipe Gonzalez, na Espanha , e foi se generalizando para a própria América Latina, onde os socialistas chilenos e a Ação Democrática na Venezuela, entre outros, seguiram o mesmo caminho, até que FHC se somou à lista.

Comentários

ANDRE OLIVEIRA: Emir Sader, por favor, convença-me com mais e melhores argumentos que a política econômica de Lula é diferente da de FHC. Não diga, simplesmente, que Lula descobriu a pólvora. Há uma falta de sinceridade histórica em seus textos que me faz duvidar de suas intenções. E olha que concordo com muitas coisas que você escreve. Não zombe da minha inteligência.

IV Avatar: André Oliveira e André Vadão Ribeiro que, pelo que me consta é a mesma pessoa, a diferença entre Lula e FHC está nos números, nos resultados, nas estatísticas, consulte-as em todas as áreas, por exemplo, quanto o comércio exterior cresceu mundo afora nos governos FHC e Lula,,,quantos pobres sairam da pobreza nos governos Lula e FHC,,,segue link para quadro demonstrativo para vc clarear suas idéias meio anuviadas http://blogdoonipresente.blogspot.com/2010/05/fhc-e-lula-como-o-brasil-mudou-de-um.html

Leia mais
http://www.cartamaior.com.br/templates/postMostrar.cfm?blog_id=1&post_id=468
.

Nenhum comentário: