Volte ao SPIN

SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45 SPIN46 SPIN47 SPIN48 SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52 SPIN53 SPIN54 SPIN55 SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59 SPIN60 SPIN61 SPIN62 SPIN63

SPIN64 SPIN65 SPIN66 SPIN67 SPIN68 SPIN69 SPIN70
SPIN71 SPIN72 SPIN73 SPIN74

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Começa aqui o inventário do spin deus ex machina, que morreu, e deixou coisas,..

Escrevi isso em 2010, achei agora por acaso num Google.doc

 

Se não me engano, a imagem do alto é de uma urna funerária indígena de povos pré-colombianos, não sei ao certo,...não,,,parece ser arte marajoara...depois vejo isso





Este é o espaço 1 (acesso restrito)


Segredos
Se gre do


Se gre d


Intimo ou privado


Para não deixá-lo curioso posso até lhe revelar o que há aqui
3 conteúdos, um de carater espiritual, um segundo de coisas relativas à sexualidade e um terceiro concernente ao terceiro código das relações sociais, ou seja, a sociabilidade


É que na realidade spin os códigos das relações sociais ou materiais são estes 3
Somente estes
É como se fossem 3 casas com 3 portas
Na porta 1 o indivíduo entra a sós e ali fica a sós para, sob a perspectiva do vazio, pensar-se
Na porta 2 o indivíduo entra com o(a) namorado(a), somente os dois
Na porta 3 o indivíduo pode entrar na companhia de amigos, familiares


Este é o espaço 1, pelo menos um espaço assim


Relato ao spin médico ou curador, tanto faz


Nesta noite sonhei ou olhei ou fui obras de arte em cerâmica, ultimamente tenho sonhado e muito com peças em cerâmica, várias peças formando um conjunto


Relatos de sonhos, para o spin médico, lembranças de alguns sonhos, reconstituição:


Integral Perfeito. Um livro com este nome. 3 partes: visão, forma e conhecimento. Livro sagrado(???)


Macaco mito mitocôndria


Eles verão o meu rosto e não saberão quem sou


Eu não tenho consciência, eu sou a consciência


Fonte de águas bordadas sob o mar


O que vale é o conhecimento e não os ossos

Nenhum comentário: